O financiamento de imóveis da Caixa é um dos principais do Brasil. Pensando em crédito imobiliário? Confira todas as informações necessárias.

O crédito imobiliário é uma das formas mais buscadas por pessoas que querem adquirir uma casa própria ou outro tipo de imóvel. 

O financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal sempre é uma das primeiras opções de escolha da maioria dos brasileiros. Isso se deve ao fato de oferecer melhores condições e menores taxas de juros

O que acontece é que nos últimos tempos algumas regras de crédito imobiliário da Caixa acabaram sofrendo modificações. Por causa disso e visando ajudar quem está a procura desse tipo de investimento, trataremos sobre esse assunto hoje.

Pensando em contratar esse tipo de financiamento de imóvel? Confira agora as informações mais importantes sobre o tema.

Crédito imobiliário Caixa Econômica Federal

Antes de decidir pelo financiamento de imóveis é necessário ter em mente algumas informações e regras importantes sobre esse serviço oferecido pela Caixa. 

1 – Valor parcelado

A primeira coisa que é preciso saber é que antes a Caixa Econômica Federal possibilita o parcelamento de até 60% do valor do imóvel. No entanto, hoje essa regra foi modificada e o banco oferece financiamento de até 70%.

É importante destacar também que esse valor pode ser aumentado para até 80% em casos de imóveis na planta ou que estejam em construção e quando a propriedade valer mais que R$750 mil.

2 – Limite

Aqui está outra modificação: antes a Caixa possibilita o financiamento de imóveis que tivessem o valor de até R$1,5 milhão. Mas, atualmente, os imóveis de até R$3 milhões estão incluídos nas novas regras.

3 – Taxas de juros reduzidas no financiamento Caixa

Outra mudança em relação às regras foi a diminuição das taxas de juros para crédito imobiliário. Essa decisão foi tomada depois que houve a redução da taxa Selic para 4,5% ao ano. 

A diminuição dos juros atende as modalidades SFH – Sistema Financeiro de Habitação e SFI – Sistema Financeiro Imobiliário, isso sem contar as residências que possuem saldo devedor pela TR – a Taxa Referencial. 

Como contratar o financiamento

1 –  Escolhendo o imóvel 

O primeiro passo para quem está à procura desse tipo de serviço da Caixa é realizar a escolha do imóvel de interesse. Mas, se caso você ainda não tenha um imóvel em mente, não se preocupe, o importante é ter ideia do valor da propriedade.

2 – Realizando a simulação

 Depois disso, você pode realizar uma simulação do financiamento. Para isso, você pode acessar o site da Caixa e simular quanto ficaria o valor das parcelas do imóvel financiado. 

Além do valor das parcelas você conseguirá saber o valor da entrada e o valor referente às taxas incluídas no processo.

Essa é uma parte importante porque assim você conseguirá ter uma ideia do valor que será necessário despender na contratação do crédito imobiliário.

E, não esqueça de considerar outros valores envolvidos como o pagamento de tributos, o pagamento da documentação necessária e o pagamento dos custos do cartório.

3 – Documentos necessários para o processo

Depois que os passos anteriores tiverem sido concluídos, você poderá ir até uma agência da Caixa Econômica Federal para realizar o pedido da contratação do crédito imobiliário.

Lembre-se de que para aqueles que possuem saldo FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é possível utilizá-lo na entrada do financiamento do imóvel. Além disso, o FGTS também pode ser usado na amortização de parcelas.

4 – Aprovação

A Caixa costuma demorar até 5 dias para dar a resposta de aprovação ou reprovação do pedido. Se tudo estiver certo e o seu pedido for aprovado, você irá para o processo de avaliação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui